sexta-feira, 29 de maio de 2009

Poesia - Cecilia Meirelles

O Cavalinho Branco

À tarde, o cavalinho branco
está muito cansado:

mas há um pedacinho do campo
onde é sempre feriado.
O cavalo sacode a crina
loura e comprida

e nas verdes ervas atira
sua branca vida.

Seu relincho estremece as raízes
e ele ensina aos ventos

a alegria de sentir livres
seus movimentos.

Trabalhou todo o dia, tanto!
desde a madrugada!
Descansa entre as flores, cavalinho branco,
de crina dourada!




Sou apaixonada por poesia, e procuro despertar este amor nos meus alunos, esta aqui é do livro Ou Isto ou Aquilo, bom demais!

Sugestões de atividades: Falar sobre os cavalos, suas características e utilidade, desenhar um cavalinho, imitar o animal...
Aliás, tem até até a dobradura do cavalinho, que veio na revista de educação infantil do mês passado, vou digitalizar e depois coloco aqui no site. Faço isto ainda esta semana. Beijos!

Um comentário:

Rosana disse...

Seja bem vinda ao meu blog também!
Compartilhar idéias é fundamental!
Abraços
RosanaPoie